quarta-feira, julho 14, 2010

Eu sou princesa.

UPDATE: Achei outra tirinha que ilustra beeeeeem esse post:


Outro dia recebi um e-mail que, por meio de uma crônica engraçadíssima, 'explicava' porque os homens DEVEM pagar a conta: se somarmos os valores da lingerie, da roupa, sapato, bolsa, make-up e cabelo da mulher, dá um valor tão alto que eles deviam colocar a gente no seguro todo sábado à noite.

Claro que quem lê acha graça, mas no final é a mais pura verdade. Mulher se emboneca. Tem quem diga que é pro cara, tem quem diga que é para as outras mulheres, enfim, falar, até papagaio fala. Mas a verdade é que a gente se esfola viva todo mês: gastamos fortunas em academia, perfumaria, manicure, pedicure, depilação, cabelereiro, drenagem linfática, e roupas e acessórios novos. É pedir demais que o cara pague a conta, já que tem a honra de ser visto em público com uma quase top model?

Mas aí tocamos no ponto mais sensível da anatomia masculina: o bolso.

Explica aí qual é a do cara que te liga, chama pra sair e quer RACHAR a conta? Querido, eu sou princesa. Eu racho a conta com as minhas amigas, minha mãe, meu pai, namorado de longa data, mas em um encontro - especialmente o primeiro, é SUA OBRIGAÇÃO pagar.

Eu sei, eu sei, parece careta, machista, radical. Malzaê. Queria que vocês vissem minha amiga Cris, que quando recebe um convite pra sair, já dispara:

- Você tem dinheiro?

Antes eu achava tão engraçado, mas ela sempre me dizia 'Dé, de pobre já basta eu!' É que ela é princesa. Queria ser igualzinha à ela, ia mandar de prima:

- Olha, nêgo, eu sou princesa. Comigo é prejú. Cinema é Cinemark, pipoca e refri grande. Jantar é JANTAR, restaurante com TALHER, nada de Mc Donald's. Sair 'para tomar um chopp'? Bora, mas atenção: eu não vou tomar UM chopp. E tem que rolar uma porçãozinha, também. Motel... Não preciso nem falar, né? Se tentar me levar num pulgueiro, vai rolar um piti dentro do carro inesquecível pra você, pro recepcionista, pro pessoal que estiver nos quartos e pra todos que estiverem no raio de um quilômetro. E sim, o café-da-manhã é obrigatório. Pra não mencionar o champagne.

Não é frescura. É uma coisa que toda mulher merece: ser bem-tratada. Afinal, somos princesas. Não precisa paparicar, só tratar com educação, respeito e cavalheirismo. Manual resumido, rapazes:

- Não precisa levar pra jantar no Fasano e pedir o prato e o vinho mais caros do cardápio. Mas Mc Donald's é de lascar... Se você for pagar com VR, então, coitada da menina! É uma cilada, Bino!!

- Se você não tem carro, tudo bem, dá pra ir de ônibus, metrô... desde que não esteja lotado, claro, princesa não anda na muvuca. Até dá pra conversar mais, ficar juntinho. Mas nada de ficar olhando pro relógio com medo do ônibus acabar. Ter um 'a mais' pro táxi é obrigatório!

- Cara de susto quando olha pro cardápio é de foder, com o perdão da má palavra. É que não existe outro palavrão pra explicar o que sentimos quando o garçom nos olha com aquela cara de pena, pensando 'Que princesa, por que ela tá saindo com o ogro?' Pesquise antes um lugar que caiba no seu bolso, evitando assim que sua companhia sinta vontade de ser tragada pela terra.

- Ser mão-de-vaca é muito diferente de ser econômico. Ninguém tá pedindo pra você fazer um empréstimo só pra levar a gata pra assistir à peça da moda, mas não é muita mesquinharia gastar horrores no ingresso pra final do Brasileirão comprado do cambista e no primeiro encontro levar a coitada pra assistir DVD pirata na sua casa?

- Por último, mas não menos importante e super-relacionado: cavalheirismo é bom, nunca sai de moda e ganha o coração até das mulheres mais duronas: abra a porta do carro, puxe a cadeira, não saia andando desembestado na frente da moça, trate bem o garçom, o manobrista, o vendedor de balas na porta do teatro... todas as pequenas gentilezas ganham muitos pontos. Seja um príncipe!

A gente sabe que a vida é dura: tem muita mulher por aí querendo se aproveitar e ser bancada por incautos. Se você, leitora, é uma dessas, conselho: vai trabalhar, fiadaputa! Nós, princesas, batalhamos pelo nosso espaço, somos independentes financeira, psicológica e afetivamente. Queremos um companheiro que caminhe ao nosso lado, nem à frente, nem atrás.
Se você, homem, tem medo de cair nas garras de uma 'dessas', conselho: elas são fáceis de identificar, não se desespere. Não trate todas as mulheres como se fossem 'dessas', você está não só ofendendo as outras como perdendo a chance de conhecer alguém legal.
Falando por mim, eu não ponho a cara na rua se estiver sem grana. Se um cara me chama pra sair, eu aviso se não tenho dinheiro, mas óbvio que, caso eu tenha que mexer na carteira, este será nosso último encontro EVER. Não é interesse, não é machismo, é só uma forma - simplééééééééééérrima, diga-se de passagem - de ele mostrar que se importa! É educação, animal! E eu? EU SOU PRINCESA, PORRA!

Simples assim!!

Tirinha da Cibele, mestra!! Para rir muito, clique aqui.

5 comentários:

Rosana Ferreira disse...

Bravo!!! rsrs... o desfecho foi fantástico "sou princesa, porra"... princesa e fina pra caralho! kkkkkkkkkkkkkkk

disse...

Pois é! Eu tbm sou princesa...
:)

Beijo

Eli disse...

É, fia, o mundo está cheio de ogro mesmo, no mau sentido.
Pior é qdo o cara sabe q vc mora sozinha, daí tá na roça, pq nunca mais vai querer sair, sua casa vira restaurante/motel/loja de conveniência, etc. Na verdade no primeiro encontro já vem com papo de pizza na casa da princesa.

Graças a Deus nunca arrumei um desse, mas conheço várias estórias de amigas.

Ralado disse...

.comEssa vai ter resposta, pode esperar.....rs

fabricio_serafim disse...

Bom Seguinte concordo até certo ponto. pra começar mulher se embeleza todas para...Outrar mulheres morrerem de inveja, e para si mesma. Gastam horrores, pra si mesmas, porque macho que é macho não liga muito pra essas coisas. Não sendo roupas rasgadas, amassadas e sendo limpinha ja está bom. Já levei fora de algumas minas porque me recusei a sair com uma mina que tinha mais maquiagem que rosto na cara. Mulheres querem ganhar o mesmo qeu homens , mas não querem pagar a conta. vai entender.Acredito em Direitos e deveres Iguais IGUAIS SEMPRE. Não mais igual para as mulheres do que para os homens.
O mesmo dinheiro que as mulheres gastam se produzindo , os homens gastam com o carro para que a madame ande em um veiculo seguro, licenciado(evitar mico com a PM) e limpo. Então não me venha dizer que mulheres tem mais gasto. DIREITOS IGUAIS JÁ. E tenho dito.