quarta-feira, abril 22, 2015

Diário de Férias: Dia 1 - Faxina na Cozinha

Tinha planejado mil coisas pro meu primeiro dia de férias, mas todas envolviam sair de casa, e Pedrão, esquecendo nosso combinado, resolveu deixar chover como Guilherme Arantes pediu. Resolvi então por mãos à obra dentro de casa mesmo, e o primeiro cômodo vítima da minha possessão pelo espírito Ragatanga da Limpeza foi a cozinha.
Comecei o dia desligando e esvaziando a geladeira. Não foi difícil porque no fim das contas, não tinha mesmo muito o que esvaziar. Chega a ser libertador esse clima de fim de mês.
Em seguida vieram os armários, que foram uma surpresa à parte. Estimei um número aproximado de 97686473 potes sem a tampa correspondente, enquanto 97686473 tampas não tinham pote. Devem ter ido pra Nárnia.
Também não entendi porque eu tenho 3 raladores, 2 batedores de clara em neve, um pacote de espetos de madeira pra churrasco, e o mais intrigante: aquelas hastes (não sei o nome correto) pra batedeira. É enigmático porque eu não tenho batedeira.
Por outro lado, finalmente achei o porta-queijo que eu sabia que tinha, mas já estava questionando minha sanidade por nunca encontrar.
Nada superou, entretanto, a geral no armário de limpeza: exatos 6 - SEIS!!! - pacotes de Bombril. E pensar que semana passada eu jurava que não tinha nenhum - e corri pra comprar.
Na despensa dois pacotes de Sazón - haja carne pra temperar agora -, muita pipoca (tudo bem, porque eu adoro) e incríveis 5 pacotes de creme de cebola. Adivinha o que vai ter pro jantar hoje?