terça-feira, setembro 18, 2007

Compasso de espera

Meu aniversário tá chegando, o que se resume à apenas uma constatação: meu inferno astral começou.
Pois é, o medo tomou conta do meu ser: melhor nem sair de casa, afinal, tudo pode dar errado!!
Claro que aí também conto com uma enorme dose de preguiça... Justo eu, que não paro quieta, fiquei morgando no sofá até as 22 hs de sábado por pura preguiça de sair!!
(Pior que acabei saindo, só pra comprovar que é mesmo meu inferno astral!! Ou vai me dizer que festa sem cerveja é legal?!?!?)
Ando com uma preguiça enorme e uma vontade absurda de ficar morgando!
Aliado ao medo e à preguiça, vem também o básico de "meio-de-mês": absoluta e total falta de grana. Olha o inferno astral aí, gente!!!
Tenho recebido poucos convites pra sair, mas também não importa: ainda que tivesse duas festas por noite, de sexta a domingo, não poderia ir, já que nem grana pro cigarro eu tenho.
Também senti uma diminuição considerável na minha proverbial paciência. Normalmente não me estresso com nada, mas hoje mesmo no ônibus quase bati numa louca que ao invés de se segurar nos sacolejos do ônibus caía em cima de mim o tempo todo! Depois fiquei com vergonha, mas ela mereceu a descompostura, humpf!

Pra quem acha que tô reclamando à toa... Tá fazendo calor... mas eu tô gripada!!!

É, melhor ficar bem quietinha no meu canto e esperar essa zica passar... senão daqui a pouco nem motivo pra comemorar aniversário eu tenho!
Xô!

Um comentário:

Rosana disse...

vc não sabe o q é inferno astral... o meu pra piorar atravessa natal e ano novo!

Pra te consolar vou te contar a saga do meu aniversário de 30 anos:
1) acordei meio deprê, afinal 30 anos dói... fui tomar banho e qdo estou com o cabelo cheio de condicionador acaba a água do prédio... como estava atrasada tive q acabar de me enxaguar com água mineral fria;
2) fui trabalhar e a bruxa q trabalhava comigo voltou das férias só pra me infernizar, discutimos feio;
3) fui almoçar na minha mãe já quase aos prantos, cheguei lá e minha mãe não lembrou q era meu niver;
4) ganhei flores do chefe e da minha mãe com peso na consciência por ter esquecido na hora do almoço (essa foi a parte boa, os presentes);
5) pedi pro meu namorado ir me buscar de carro por causa das flores, qdo eu passei a catraca do prédio caiu uma chuva q eu não conseguia atravessar a calçada pra entrar no carro, alagou tudo;
6) esperei a água abaixar e qdo entro no carro quem disse q ele pegava??? Tivemos q chamar a seguradora pra tirar o carro de lá.

Tá bom pra vc??? kkkkkkkkkkkkkkkk